Palma de Ouro 2019








O maior e mais lindo festival de cinema do mundo terminou e outra vez a Palma de Ouro ficou na Ásia, em um ano em que a competição era acirrada, os três filmes mais elogiados sairam com algum prêmio, minha aposta a Palma era para Céline Sciamma que ficou apenas com o prêmio de roteiro, o segundo mais elogiado era a autobiografia de Pedro Almodóvar, o ator Antônio Bandeiras acabou ficando com o prêmio de melhor ator.

Os prêmios do juri (terceiro lugar) ficaram com três filmes que receberam muitos elogios, o brasileiro Bacurau acabou dividindo o prêmio com o francês Les Miserables, já o Grand Prix (segundo lugar) ficou nas mãos do único concorrente do continente africano Atlantique.

Os prêmios de atriz e de direção acabaram com filmes que quase passaram despercebidos ou foram muito vaiados, o primeiro para Little Joe, filme da britânica - já o prêmio de direção ficou com (pasme) os irmãos Dardenne, por um dos filmes mais odiados dessa edição.

O coreano Jong Bong acabou ganhando a Palma de Ouro por um filme que já tive colhido muitos, muitos elogios desde quando fez sua estreia, mais uma vez e de novo a Palma foi para a Ásia. O cinema de Tarantino parece não ter agradado, assim como Loach. O que nós sobra agora é esperar a seleção de Veneza que promete ser tão emocionante quanto esse competida edição de Cannes.

You May Also Like

0 comentários