10 Movies Most Anticipated of 2018

O ano ainda nem terminou, a temporada de premiações dos filmes de 2017 está na fase inicial e eu com toda minha ansiedade, já preparei uma lista com os filmes mais aguardados para 2018, como é tradicional, reuni uma lista de 10 com os filmes que mais me causam expectativas, quase certeza que quase todos eles estarão na próxima seleção de Cannes, sem mais delongas são esses os filmes que já estão me deixando à beira de um ataque de nervos de tanta ansiedade.

10. Private Life (Tamara Jekins)
O cinema independente sempre estará em nosso cotidiano, o cinema independente é o nosso cotidiano e mais uma vez Tamara Jenkins fará isso, depois da primorosa comédia ácida A Família Savagefrustrado em ser incapaz de conceber uma criança, um casal conhece um jovem desistente da faculdade que poderia ser um substituto potencial. Sinceramente, eu gostaria muito que Tamara Jenkins fosse mais prolifica, nos entregasse mais de suas comédias, desde a boa qualidade de seus dois filmes até o momento, talvez nos estabeleçamos por uma taxa de trabalho de uma vez por década, como o filme não está na seleção oficial de Sundance, sem dúvida estará em Toronto.

Resultado de imagem para Jason Reitman  2018
9. Tully / The Front Runner (Jason Reitman)
O diretor revelação dos últimos anos, é assim que eu enxergo o nome de Jason Reitman que dois filmes para 2018, o primeiro Tully marca uma nova parceria do diretor com Diablo Cody, exista quem torça o nariz para a parceria da dupla, eu só lamento, pois sou grande apreciador de Juno e Jovens Adultos, o filme vai narrar mais uma história simples, uma mãe contrata uma mulher para ajuda-lá a dormir e mais uma vez a estrela do elenco será Charlize Theron, já em The Front Runner  campanha presidencial de Gary Hart é desfeita por um escândalo sexual. O primeiro estreia em abril de 2018 lá nos Estados Unidos, o segundo continua sem distribuidora, vamos aguardar.

don-t-worry-he-won-t-get-far-on-foot-photo-jonah-hill-joaquin-phoenix-Anticipated-2018
8. Don’t Worry, He Won’t Get Far On Foo (Gus Van Sant)
Gus Van Sant, Joaquin Phoenix e Rooney Mara juntos já é motivo para qualquer um ficar ansioso, ao menos, para mim que sou grande apreciador da obra do diretor, a história de John Callahan, que se tornou um cartunista aclamado que lidava com assuntos tabu, apesar de se tornar um tetraplégico aos 21 anos, um dos poucos sobrevivente - das antigas - do cinema independente, sem nenhuma grande trabalho para um grande estúdio, Van Sant sempre foi fiel ao cinema independente, tudo bem que, seus três últimos filmes foram fiascos total (ainda que eu goste muito de Terra Prometida), está na seleção oficial de Sundance.

7. Everybody Knows (Asgar Farhadi)
O melhor diretor da atualidade, para alguns, com certeza, eu sem duvidas acho um dos melhores, depois de três obras fantásticas, não esperamos por menos, uma mulher viaja em casa para a Espanha para uma festa, apenas para que a viagem seja interrompida por eventos que mudem a vida, Asghar Farhadi fez história no início deste ano, quando ele se tornou o primeiro cineasta desde que Ingmar Bergman ganhou dois Óscares de melhor filme estrangeiro, o filme será em espanhol com grande nomes Javier Barden, Penelope Cruz e até mesmo Ricardo Darin, com certeza, estará em Cannes.

6. E-book (Olivier Assayas)
O cinema de Assayas nem sempre agrada todos mas, seus dois últimos filmes foram sensacionais, o ultimo vaiado em Cannes 2016 e particularmente um dos melhores filmes, agora sem Kristen Stewart mas com Juliette Binoche, uma comédia ambientada no mundo editorial francês, poucos diretores são tão rápidos e imprevisíveis como o veterano francês, como Assayas é um dos frequentes nomes do Festival de Cannes, ele sem duvida estará na seleção oficial.

Resultado de imagem para David Robert Mitchell Under the silver lake
5. Under The Silver Lake (David Robert Mitchell)
David Robert Mitchell já parecia um grande talento após sua estréia no filme "The Myth Of The American Sleepover", mas ninguém esperava que ele pudesse traduzir os encantos woozy disso em uma categoria de gênero, e, no entanto, Corrente do Mal foi uma obra-prima do terror, qualquer coisa que vier depois nos causaria ansiedade, não sabemos muito sobre a sinopse do filme, mas é aguardar, seu ultimo filme foi um favorito da Semana da Crítica em Cannes: isso poderia parecer que ele se dirigia para a Fortnight dos Diretores ou a UCR.

4. First Man (Damien Chazelle)
A verdadeira história de como Neil Armstrong se tornou o primeiro homem na lua. Pois é, eu também achei muito estranho quando Chazelle anunciou que iria dirigir essa história, já que ele vinha de dois filmes que falam essencialmente de música, depois de sua característica de estréia, sobre um baterista de jazz de todas as coisas, tornou-se uma sensação indicada pelo Oscar, e seu ambicioso, musical "sofisticado", "La La Land", tornou-se um Oscar- sensação indicada e também um enorme sucesso na bilheteria, havia apenas um lugar para Damien Chazelle: as estrelas.

Silence-Martin-Scorsese
3. The Irishman (Martin Scorsese)
O aguardado filme de Martin Scorsese finalmente está em processo de criação, mas ainda não sabemos quando estreia ao certo, se em 2018 ou 19 já que efeitos visuais serão necessários, Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci, Harvey Keitel, Anna Paquin, vai contar a história do funcionário sindical e do mafioso Frank Sheeran, que afirma ter participado da morte de Jimmy Hoffa, Martin Scorsese tem tantos projetos em desenvolvimento (mesmo aqueles que não têm anexos de Leonardo DiCaprio às vezes), que pensávamos que "The Irishman", sua adaptação de gestação longa da não- livro de crime de ficção "I Hard You Paint Houses", nunca aconteceria, bom ele vai acontecer e logo quando menos esperarmos estaremos assistindo.

2. The Sisters Brothers (Jacques Audiard)
O dono do meu coração Jacques Audiard - diretor do melhor filme da década (so far) Ferrugem & Osso - em 1850, Oregon, dois irmãos fora da lei são contratados para matar um prospector, com Joaquin Phoenix e Jake Gynhehall no elenco não tem como ficar ansioso, "The Sisters Brothers", uma adaptação do best-seller de Patrick DeWitt que marca a tão esperada estreia em lingua inglesa do, repetindo dono do meu coração.

Resultado de imagem para The Death & Life Of John F. Donovan Xavier Dolan
1. The Death & Life Of John F. Donovan (Xavier Dolan)
Sim, sou adorador do cinema de Xavier Dolan, não me interessa o que acham do cinema dele, ele é fantástico e ponto final, o filme vai narrar a história da morte de uma estrela de TV, que um garoto idolatrava, um jovem ator reflete sua correspondência com o homem morto, o filme foi anunciado em 2014, o primeiro filme do prestigiado e jovem diretor em língua inglesa, junto com Harington como personagem do título, Chastain como jornalista, com base em nossa própria Jessica Kiang, e Tremblay e Schnezter como versões jovens e antigas do mesmo personagem, também inclui Bella Thorne, Kathy Bates, Susan Sarandon, Thandie Newton, Chris Zylka, MIchael Gambon, Sarah Gadon e Adele, e um tiro prolongado que durou quase um ano, Dolan sugeriu que ele não o levaria a Cannes por causa da configuração americana, então TIFF pode ser o ponto de estréia mais óbvio. De qualquer forma, Annapurna o pegou, então, felizmente, não sofrerá os problemas de distribuição que alguns filmes de Dolan enfrentaram nos EUA.

You May Also Like

1 comentários

  1. tenho vontade de ver o do scorsese. aguardo ansiosamente o grande circo místico. beijos, pedrita

    ResponderExcluir