The 6 Best Performances of Nicole Kidman

O ano mais promissor da carreira de Nicole Kidman, é assim que poderíamos definir 2017, afinal de contas, são três filmes para esse ano - isso só falando de cinema - vencedora do prêmio em comemoração dos 70 anos do Festival de Cannes - primeira atriz a ganhar esse prêmio - The Beguiled, de Sofia Coppola, The Killing of a Sacred Deer, de Yorgos Lanthimos e How To Talk To Girls At Parties, de John Cameron Mitchell são os filmes programados para estrear ainda esse ano nos Estados Unidos, como se isso não fosse suficiente, a série Big Little Lies foi uma grande sucesso, e ela está praticamente confirmada entre as indicados ao prêmio de melhor atriz em minissérie, ainda tem mais Top of the Lake, a atriz faz uma participação, ela que recentemente deu uma declaração que vai trabalhar com uma diretora a cada 18 meses, para incentivar as mulheres a dirigir mais, eu claro, totalmente apoio essa empreitada, sem mais delongas, separei as seis melhores atuações de uma das grandes atrizes da atualidade.

Resultado de imagem para to die for nicole kidman
6. Um Sonho Sem Limites (1995)
Suzanne Stone .:: para um filme que fala ou tem a intenção de falar de futilidade, Nicole Kidman encara uma jornalista que faz absolutamente tudo para estar no auge, o filme de Gus Van Sant é por inteiro superficial, exatamente da maneira que é para ser, Nicole que ganhou seu primeiro Globo de Ouro por esse filme, ainda estava relativamente em inicio de carreira e já mostrava um pouco do seu talento.

5. De Olhos Bem Fechados (1999)
Alice Harford .:: ainda que seja uma personagem pequena, que esgueira as sombras do protagonista (Tom Cruise) algo muito parecido com o ocorrido na vida real, em que Kidman estava sempre a sombra do seu ex-marido, a importância ainda é alta, mostrando a fragilidade e sensualidade que a personagem precisa, é sim uma das grandes atuações de Kidman, ainda que pequena como eu disse.

4. Dogville (2003)
Grace Margaret .::  não suporto esse filme, não suporto essa protagonista dissimulada, não suporto nada de um dos filmes mais irritantes de todos os tempos, detesto e ponto - ainda assim Nicole Kidman está impressionante, não por menos, Lars Von Trier é um dos diretores que mais exigem de suas atrizes, - por um acaso ela foi uma das poucas que não ganhou o prêmio de melhor atriz em Cannes nas mãos de Von Trier, Bjork, Charlotte Gainsbourg & Kirsten Dunst ganharam - ainda assim, dissimulada é a palavra certa para Nicole Kidman aqui.

3. Moulin Rouge - Amor em Vermelho (2001)
Satine .:: é a mulher dos sonhos de qualquer um, ela é linda, meiga e sedutora - amor impossível - é assim que enxergamos a personagem, que canta muito, dança muito, interpreta muito e cai nas graças e nos excessos do diretor que a coordena Baz Lurhmann, grande atuação que da ainda mais força para esse musical poderoso, um amor proibido contado em forma de musical utilizando trechos de vários sucessos da música tinha tudo pra dar errado, o mais interessante é observar como Luhrmann acertou em tudo, um marcou os anos 2000.

2. Reencontrando a Felicidade (2010)
Becca Corbet .:: primeira parceria da atriz com o diretor John Cameron Mitchell é um filme pesado, que dificilmente será inesquecível para todos que o assistirem, mas o clima sufocante e a forma como toca em fortes sentimentos humanos por si só já valeriam o filme então, ainda existe o elenco, com uma atuação firme de Nicole Kidman, conta a história de um casal que está de luto por conta de seu filho, Kidman interpreta o luto com maestria, cheia de cenas fortes, pesadas e criando momentos de emoção genuíno, era uma das melhores atuações de seu ano.

1. As Horas (2002)
Virginia Wolf .:: dar vida a uma das maiores escritoras de todos os tempos, por si só, já não é uma tarefa assim fácil, ainda mais uma personalidade assim, toda problemática, afinal de contas, Kidman precisava interpretar todos os demônios, vontades, prazeres da escritora que estava criando uma das personagens mais simbólicas de todos os tempos, para a literatura, lógico que ela consegue, não por menos ganhou seu Oscar de melhor atriz, justo muito justo e claro, sua melhor atuação, e claro principalmente pelo incentivo que se dá a leitura de um dos melhores livros de Virginia Woolf.

You May Also Like

1 comentários

  1. adoro de olhos bem fechados e dogville. viscerais. detesto as horas. uma versão inadequada e estereotipada da virgínia woolf. adoro nicole kidman em os outros. adoro esse filme baseado no livro a volta do parafuso. beijos, p edrita

    ResponderExcluir